Muitas lembranças

Muita reza, Muita festa, Muita luta, MUITAS LEMBRANÇAS 

Danilo Gregório *


Dos 25 anos de DNJ, posso dizer que participei ativamente em 10(dez) anos dos meus 11(onze) dedicado a Pastoral da Juventude. No começo via o DNJ unicamente e exclusivamente como um local para rever amigos e dançar um pouco. Com o passar dos tempos fui percebendo que em cada ano abordava-se um tema essencial para a sociedade e que cada vez mais a Juventude se mostrava um ponto forte dentro dos movimentos existentes em busca de uma igualdade social e um país justo para todos/as. Foi com o passar dos tempos que pude perceber a importância desse dia, que obviamente é momento de festa, alegria, música, diversão e etc... Porém também é momento de falar muito sério sobre vários problemas que insistem em acontecer com a nossa juventude, nosso povo, nosso país e na sua total maioria todos esses acontecimentos são de agressões aos empobrecidos, aqueles/as que lhes foram tirados/as o direito a uma vida digna, em outros momentos gritamos pela Terra, Água, e todo eco-sistema que também grita desesperado por um socorro que não chega e uma devastação que a cada dia cresce mais e mais.

Lembrar dos 25 de DNJ é lembrar tantos rostos espalhados por este país que jamais serão esquecidos, pessoas que já se foram e outros que continuam na luta sem abaixar a cabeça, mas também é  perceber que estão chegando cada dia mais e mais jovens, unidos pelo mesmo objetivo: “que todos tenham vida e vida em abundância” (Jo 10, 10).

Desde 2009 estamos gritando pelo Fim do Extermínio de Jovens que infelizmente insistem em acontecer, porém, não fiquemos calados diante desta força que tenta nos dominar e enfraquecer, erguemo-nos nesta luta, juntemo-nos a todos/as que também acreditam nesta juventude, para que possamos comemorar mais 25, 30, 50 anos de DNJ lutando e gritando por esta Juventude “Rosto de Deus, Rosto do Mundo”

“Se a juventude viesse a faltar, o rosto de Deus iria mudar...” (O Mesmo Rosto – Jorge Trevisol)


* Assessor da Pastoral da Juventude; Casa da Juventude Pe. Burnier

Imagem: Cartaz do DNJ 2009

Comments