Um sonho que não morre

Por Luis Duarte Vieira *

"O SONHO encheu a noite

Extravasou pro meu dia

Encheu minha VIDA

E é dele que EU vou VIVER

Porque sonho não morre".

 

Adélia Prado

 

Um Sonho sonhado em 1985...

 

Embalados/as pelo Ano Internacional da Juventude, no seguimento a Jesus de Nazaré, e para celebrar a vida da Juventude, um grupo de jovens e amantes da juventude sonhou um sonho coletivo que extravasou os dias e anos: Sonharam o Dia Nacional da Juventude...

 

Um Sonho que extravasou o tempo...

 O DNJ foi e é Sonho transformado em realidade por muitas mãos e de diferentes jeitos, nos mais distintos lugares...

 O DNJ é:

Sonho que mudou vidas...

Sonho que sendo Sonho se tornou realidade sem deixar de ser Sonho...

Sonho preocupado com a Vida da Juventude...

                        Sonho tecido por muitas mãos...

Por isso, mesmo o DNJ é Sonho que extravasou o tempo, e hoje celebra a Festa Jubilar de 25 anos...

 

Um Sonho construído por muitas mãos...

 

O DNJ é sonho que foi feito de sonhos, que foi sendo tecido por muitas mãos... Mãos de diferentes lugares em diferentes tempos...

DNJ são sonhos que foram se somando com sonhos de milhares e formaram e construíram a história de 25 anos de DNJ...

 

Um Sonho preocupado com a Vida...

 

            No caminho que o Sonho foi fazendo ele sempre se preocupou com a Vida da Juventude, por isso mesmo sempre pautou a Vida da Juventude num exercício constante de celebrar a Vida da Juventude no Seguimento a Jesus, anunciando e denunciando...

Nova Sociedade, Trabalho, Educação, AIDS, Cultura, Políticas Públicas de Juventude, Meios de Comunicação, Meio Ambiente, e muitos outros foram temas trabalhados por milhares de Jovens em todo o país, que em 2009 gritaram para toda a sociedade: Chega de Violência e Extermínio de Jovens!

DNJ é um Sonho preocupado com a Vida e por isso mesmo, hoje pode celebrar esse Jubileu...

 

Um Sonho da Juventude...

 Desde o começo o DNJ foi e é Sonho da Juventude... Quem fez os 25 anos desse Sonho e quem fará os próximos 25 anos são os/as Jovens...

Desde o início desse Sonho os/as Jovens foram protagonistas dessa história.. E nisso que mora o segredo e o mais belo desse sonho: a Juventude como protagonista...

 

 Um Sonho que é Divino no Jovem...

 

Por ser Sonho do Divino no Jovem, o DNJ é Sonho teológico.. Ai, mora outro segredo do DNJ: Reconhecer, acolher e respeitar o Divino no Jovem...

 

 Um Sonho que é Igreja...

 

DNJ é um Sonho que é Igreja, porque é Comunidade dos/as Seguidores/as de Jesus celebrando a Vida da Juventude com toda a Juventude deste nosso país continental...

 

Um Sonho no Seguimento a Jesus ...

 

             O DNJ é um Sonho no seguimento a Jesus... Seguimento coerente, seguimento encarnado..

            É seguimento porque é para a Missão, porque é com muitas mãos, porque é da Juventude, porque é com protagonismo...

 

Um Sonho para a Missão...

 Desde o início desde Sonho, o DNJ foi um Sonho para a Missão... É que O DNJ nunca foi somente para os/as Jovens da Igreja ou para falar para a Juventude Católica, sempre foi para a Juventude e com a juventude... 

Por isso, mesmo o DNJ é tempo de sair em Missão, de ir ao encontro dos/as jovens que não estão nas Igrejas, de ir ao encontro do/a jovem que não é acolhido/a, respeitado/a...

O DNJ é tempo de envio para a Missão pela Vida da Juventude...

 

Um Sonho com muitas Cores...

 

            O DNJ foi é Sonho com muitas cores, porque foi e é celebrando de muitos jeitos nos muitos lugares..

É sonho de muitas cores porque é feito com alegria e pela juventude que também é de muitas cores...

 

Um Sonho com muita Festa, muita Reza e muita Luta...

 

DNJ é e sempre foi e sempre será Sonho de muita Festa, muita Reza e muita Luta...

Muita Festa porque é de Juventude e porque celebra a Vida da Juventude... Muita Festa porque DNJ é Sonho com muitas Cores...

Muita Reza porque é a Juventude no Seguimento a Jesus de Nazaré celebrando a Vida, celebrando a Juventude, no anuncio de Boas-Novas e no denuncio de mortes... Nunca faltou nos DNJs e nunca faltará as Rezas que nos ajudam a Celebrar, Festar e Lutar por Vida...Muita Reza porque é Sonho no Seguimento a Jesus... Muita Reza porque é Sonho que é Igreja...

Muita Luta porque o Sonho sempre foi de anunciar a Vida e Denunciar a morte... Muita Luta porque o DNJ é Sonho para a Missão...

DNJ é Sonho com muita Festa, muita Reza e muita Luta porque é Sonho que é Divino no Jovem...

 

Um Sonho que é Mistério e Esperança...

 

DNJ é Sonho que é Esperança, porque é mistério e porque é Juventude... Porque é esperança – esperançadora...

DNJ é um Sonho que é Mistério, não como algo escondido, mas como algo que por ser tão simples e complexo nunca daremos conta de dizer o que de fato é... Somente poderemos viver este Mistério...

 

 Olhar o caminho do Sonho... Viver o Sonho... Sonhar Junto/a...

Continuar o Sonho... Sonho não Morre...

 

Para a Festa Jubilar do Sonho sonhado, vivido e encarnado na vida da Juventude três movimentos devemos fazer:

ü      Olhar o caminho do Sonho – Que possamos revisitar lugares, pessoas... Que possamos re-viver momentos desse sonho.. Que possamos fazer memória.. Que possamos trazer pessoas e nomes para essa grande Festa...

ü      Viver o Sonho – Vivamos o Sonho no mais simples e profundo mistério que ele é.... Vivamos com a Juventude, no chão duro a realidade, o Sonho se encarnando, anunciando, denunciando e celebrando...

ü      Sonhar Junto/a – No olhar o caminho do Sonho e no Viver o Sonho que possamos ser capazes de sonhar junto o Sonho e seus próximos passos... O Sonho sempre foi Sonho coletivo, sempre foi sonho sendo Sonho...

 

O SONHO encheu a noite

Extravasou pro meu dia

Encheu minha VIDA

E é dele que EU vou VIVER

Porque sonho não morre.

 

 Com o poema de Adélia Prado, encerro este texto na certeza que o Sonho não morrerá, porque são sonhos sendo Sonho... porque é Sonho da Juventude... porque é Sonho no Seguimento a Jesus.. porque é Sonho e por isso não morre...

 

Que venham as próximas Festas Jubilares deste Sonho...

* de Rio Verde - GO; membro da Coordenação nacional da Pastoral da Juventude
Comments